Subscribe:

quarta-feira, 17 de julho de 2013

SENSUALIDADE

Numa cultura em que sofrimento é virtude, não é de se estranhar a falta de ousadia em se viver de forma verdadeiramente prazerosa. A felicidade e a alegria são vistas como alienação, ao contrário da angústia existencial, que é respeitada.






Quando o tesão acaba, há mulheres que compram lingeries, vão a motéis, abrem champanhe. Mas não tem jeito. Tesão não se força, existe ou não.





Mulher adora ser chamada de gostosa. Sempre. Já para chamar de safada você tem que saber o momento certo.

2 comentários:

Arnaldo Leles disse...

Surpreende a sua cabeça. És madura demais para a sua idade.
Normalmente me crucificam quando digo verdades como estas.
Mas depois eu ressuscito.
Abr!

sol Tamalyn disse...

Obrigada !!! a sociedade é hipócrita demais para admitir que a sensualidade e o sexo faz parte da vida , faz bem a saúde principalmente mental...
abraços Arnaldo.

Postar um comentário